‘Star Wars – O Despertar da Força’: o filme do ano!

Após inúmeros filmes lançados em 2015, finalmente estreou aquele que, sem dúvidas, era o mais aguardado do ano, Star Wars – O Despertar da Força. O longa dirigido por J.J. Abrams chega com a missão de honrar a franquia mais nerd e lucrativa do cinema.

Na trama, décadas após a queda de Darth Vader e do Império, surge uma nova ameaça: a Primeira Ordem, uma organização sombria que busca minar o poder da República e que tem Kylo Ren (Adam Driver), o General Hux (Domhnall Gleeson) e o Líder Supremo Snoke (Andy Serkis) como principais expoentes. Eles conseguem capturar Poe Dameron (Oscar Isaac), um dos principais pilotos da Resistência, que antes de ser preso envia através do pequeno robô BB-8 o mapa de onde vive o mitológico Luke Skywalker (Mark Hamill). Ao fugir pelo deserto, BB-8 encontra a jovem Rey (Daisy Ridley), que vive sozinha catando destroços de naves antigas. Paralelamente, Poe recebe a ajuda de Finn (John Boyega), um stormtrooper que decide abandonar o posto repentinamente. Juntos, eles escapam do domínio da Primeira Ordem.

O Despertar da Força consegue manter o telespectador ligado do começo ao fim com cenas bem trabalhadas de ação e várias tiradas de humor protagonizadas pelo personagem de John Boyega (Finn), o robô BB-8  e o sempre ótimo Harrison Ford (Han Solo), que leva os nerds ao delírio em uma das cenas mais legais do longa.

giphy

Se pudermos chegar a uma conclusão sobre 2015 nos cinemas é que foi o ano das protagonistas femininas. Se no primeiro semestre tivemos a Furiosa de Charlize Theron tirando todo o protagonismo de Tom Hardy em Mad Max – Estrada da Fúria, agora temos Daisy Ridley afirmando ainda mais o empoderamento feminino em Star Wars. Sem falar é claro, na linda Carrie Fisher (Leia), que nos cativa quando entra em cena.

O antagonista Kylo Ren, vivido por Adam Driver, consegue trazer a essência do maior vilão de todos os tempos, Darth Vader, mesmo que em certos momentos pareça uma criança mimada, que não tomou o leitinho com nescau e ficou de mau humor. Apesar disso, ele é o personagem mais bem trabalhado por J.J. Abrams dentro do longa.

Você deve estar se perguntando em qual parte falarei mais sobre o filme, certo? É difícil falar alguma coisa aqui sobre O Despertar da Força sem contar spoilers, por isso não entrarei em detalhes. Mas o que posso afirmar sobre o Episódio VII é que TÁ FODA DEMAIS! J.J. Abrams conseguiu renovar e revitalizar a franquia, assim como fez com Star Trek. O diretor faz uma ponte levando a geração passada de fãs e trazendo uma nova, apresentando uma nova história, novos personagens e mantendo características que serão vistas primordialmente em filmes de Star Wars. É lindo terminar de assistir a um filme e as pessoas no cinema aplaudirem pelo que viram. A força despertou novamente e é o filme do ano!

share_1200x627

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s