#Conheça: Alexandra Stan, cantora romena de alma latina

Além de resenhas de álbuns, músicas e afins, o Cultura agora terá o quadro #Conheça, no qual apresentaremos artistas de diversos estilos musicais e partes do mundo que você precisa conhecer. E para começar, vou falar de uma cantora que tenho escutado muito nos últimos meses, a romena (é isso mesmo, ROMENA) Alexandra Stan.

Alexandra Stan, 27, natural de Constança, cidade costeira do mar negro romeno, a loira participou de alguns festivais locais de música durante sua adolescência e foi descoberta por alguns produtores romenos em um karaokê. Em 2009, pela Ultra Records, uma das principais gravadoras de música eletrônica, Alexandra lançou sua primeira música, Lollipop (Param Pam Pam). A música dançante teve repercussão morna nas rádios e ganhou um videoclipe de baixo orçamento, nível Kelly Key. Veja aqui.

Alexandra não desistiu e deu prosseguimento na gravação de seu primeiro álbum. Em 2011, a artista lançou uma certa música chamada Mr. Saxobeat, uma ‘farofa’ (música eletrônica exagerada) das boas, que fala de uma mulher apaixonada que dança e se move para conquistar um homem. A música alcançou ótimas posições nas paradas mundiais, principalmente na Europa. Alemanha, Itália, Suiça, Polônia e Dinamarca foram alguns dos países onde a música conseguiu #1. Nos principais mercados musicais como Reino Unido e Estados Unidos, a música alcançou #3 (Official Charts) e #21 (Billboard Hot 100) respectivamente. Por aqui, a música tocou muitoooooooooooo nas rádios e baladas da vida.

Após a divulgação do terceiro single, Get Back (ASAP), em março de 2011, Alexandra lança em agosto daquele mesmo ano seu primeiro álbum, Saxobeats. O disco ganhou versões para vários países, desde o Reino Unido ao Japão. E foi justamente no Japão que o Saxobeats teve melhor desempenho.

Capa do álbum.

Os singles seguintes de Alexandra 1.000.000 com participação do rapper do Zimbabwe, Carlprit, Lemonade (Beyoncé? SQN), Cliche (Hush HushAll My People não tiveram a mesma repercussão de Mr. Saxobeat. As canções do álbum foram escritas e produzidas por Andrei Nemirchi e Marcel Prodan. Prodan além de produtor, era agente e namorado de Alexandra. Em 2013, com o segundo álbum anunciado, Alexandra sofreu violência doméstica do então agente e namorado. Tudo começou quando Alexandra questionou o cachê de um show a Prodan.

Há três anos que não sei o que ganho. Não me deu o dinheiro do ano passado. Em seis meses, não recebi nada”, revelou. No dia seguinte, a briga continuou. “No sábado fui ao estúdio para ensaiar e ele começou a insultar-me. Tentei acalmar-me, mas ele continuou com os insultos”, afirmou, acrescentando que foi agredida até ficar inconsciente.

(trecho retirado de matéria do site de Caras)

Fotos da romena com hematomas no olho e braços saíram na Internet (veja aqui). Marcel Prodan alegou que Alexandra sofreu um acidente de carro (FDP, cof cof).

stan

Em 2014, enquanto o caso não era julgado, Alexandra foi processada por Andrei Nemirchi e Marcel Prodan por violação dos direitos autorais. Segundo eles, Alexandra se apresentou com músicas como Mr. Saxobeat sem a autorização deles. Posteriormente, Alexandra pôde performar as músicas, mas ficou sem o direito das imagens de divulgação. No fim, Marcel Prodan foi condenado a 7 meses de cadeia por violência doméstica.

Mas 2014 não foi só de coisas ruins. Com nova gravadora, Alexandra conseguiu lançar seu segundo álbum, Unlocked. Acompanhada de novos produtores como Andreas Schuller (trabalhos com Jessie J, Adam Lambert e Justin Bieber), Sebastian Jacome (já trabalhou com Anahí, Enrique Iglesias, Demi Lovato e Laura Pausini) entre outros, Alexandra estava de volta ao jogo.

Capa do álbum.
Capa do álbum.

O primeiro single, Thanks For Leaving (‘Obrigada por Partir’), fala justamente sobre o rompimento da cantora com Marcel, na qual ela agradece por ele não estar mais em sua vida. “My heart’s been re-listed. You have been evicted. You’re out, I’m spring cleaning. So thank you and thanks for leaving“. O videoclipe narra isso também.

Cherry Pop, Dance, Give Me Your Everything e Vanilla Chocolat (em parceria com o cantor romeno Connect-R) foram os outros singles do disco. Unlocked é ainda um álbum dançante assim como foi Saxobeats, mas possui produção mais diversificada de batidas, não é tão genérico como o primeiro álbum. Ritmos mais latinos como em Kiss Me Goodbye e Trumpet Blows, e árabes como o quarto single Give Me Your Everything. A faixa título, Unlocked, é bem blues. Além de nada dançante, a música possui mais de dois minutos instrumentais de sax. É uma Alexandra vulnerável.

maxresdefault 222

A fase Unlocked apesar de interessante e servir como ressurgimento de uma ótima artista do cenário da dance music. Isso apenas se confirmou com o lançamento da primeira música do terceiro álbum da cantora romena, lançada no meio do ano passado. Trata-se do single We Wanna, parceria de Alexandra com a também romena INNA (a rainha da farofa, vale conhecer também) e o rapper porto riquenho Daddy Yankee (conhecido no Brasil por essa música aqui). Para efeito de comparação e importância, a parceria de Alexandra com INNA é como se a Claudia Leitte fizesse uma música com a Ivete Sangalo. A música foi um sucesso na Argentina, possivelmente pelo trecho da canção: “From Argentina to Morocco…“.

A cantora ainda lançou mais uma música no ano passado, I Did It, Mama! e mais um single este ano, Balans com participação do cantor sueco-congolês Mohombi (conheça), antes de lançar seu terceiro álbum, Alesta. Alesta é uma abreviação de Alexandra e significa “pronto” em turco. Com nova gravadora, a Global Records, Alesta foi lançado em março deste ano e mostra uma romena de alma latina, que cai, levanta e dá a volta por cima com alegria, amor e muita dança.

Capa do álbum.
Capa do álbum.

O álbum é dançante como de costume e mantém a pegada eletrônico-latino do disco anterior em mais da metade das músicas. Além das músicas que mencionei, o álbum ainda possui alguns trunfos como as ótimas Get What You GiveAlone 9 Lives com participação do cantor de reggae Jahmmi Youth. É realmente um trabalho bem bacana. O último single lançado, Écoute, em parceria com o grupo romeno Havana (confira) é o meu vício do momento. “Écoute” é uma palavra francesa que significa “escutar” – o refrão é todo cantado em francês.

Alexandra é uma das boas surpresas que conheci nos últimos anos na música. Sua música quebra barreiras seja cantando em francês ou em inglês; seja introduzindo ritmos latinos e árabes em suas músicas; seja colaborando com artistas europeus, africanos e latinos; seja fazendo sucesso no Japão. Alexandra Stan é a prova viva de que a música é universal, não importa onde você esteja.

0ddb2033c37468d64b74df1c79a51a42

Facebook <<<<< ALEXANDRA STAN >>>>>  Instagram

Gostou do post? Então, curta, deixe seus comentários, sugestões, reclamações, compartilhe nas redes sociais e siga nosso blog para mais novidades de música, cinema, séries e literatura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s