Pixar continua a nadar em bons filmes com ‘Procurando Dory’

13 anos. Esse foi o tempo que a Pixar e a Disney levaram para desenvolver uma sequência para o sucesso oscarizado, Procurando Nemo. Após muita espera, principalmente das crianças de 2003, Procurando Dory está entre nós. O longa agora focado na peixinha azul com perda de memória recente, serve não só como continuação de Procurando Nemo como também filme próprio, que “nada com as próprias nadadeiras”. Um ano após ajudar Marlin a encontrar Nemo, Dory passa a ter flashbacks de seus pais e é na busca em reencontrá-los que sai em uma aventura oceano adentro com Marlin e Nemo.

Procurando Dory é o filme mais fofo que assisti este ano. Só com a cena de abertura, você se desmancha todo com a peixinha Dory com os olhos maiores que o corpo (seres com olhos maiores que o corpo assumem automaticamente o status de fofura).

giphy

Como todo bom longa da Disney que se preze, Procurando Dory possui mensagens importantes, que para as crianças parecem divertidas, mas que fazem vários adultos chorarem. O amor e saudades dos pais é uma das mensagens. Seja qual for a relação que você tenha com seus pais, é difícil não sentir a falta de quem lhe ensinou tantas coisas. Mesmo com adversidades e diferenças que possam existir, seja o que for, família é base de tudo. E o filme passa essa mensagem de amor, carinho, respeito e saudade. Além disso, tem a relação com os amigos verdadeiros, aqueles que nos ajudam e orientam no que for preciso.

O simples fato de Dory possuir perda de memória recente, faz com todos a sua volta sintam-se preocupados em deixá-la sozinha e se estressam facilmente por causa de sua doença. Perder a paciência e não saber como lidar com a pessoa é comum de acontecer com famílias que possuem alguém com doenças como o Alzheimer. Mas o filme passa a importante lição de que é possível viver bem e feliz convivendo com a perda de memória de um familiar, só é preciso construir um ambiente saudável, harmonioso, de paciência e que torne a vida dessa pessoa como a de qualquer outra. Prepara o lencinho, por que o filme possui cenas fortes!

20160524141645593710e

Além de Dory, outros personagens como Hank, o polvo de sete tentáculos; Destiny, a tubarão-baleia com problemas de visão; Bailey, o baleia-branca com problemas no sonar, fazem a “inclusão social” do filme de forma satisfatória. Apesar disso, quem roubou a cena mesmo foi Geraldo, o leão marinho, que parece ter algum problema cognitivo. Geraldo é simplesmente esculhambado por outros leões marinhos por querer subir na pedra onde estão. Ok, apaga um pouco o lance da inclusão, mas serve como alívio cômico excelente.

Procurando Dory é um ótimo e divertido filme para assistir com a família, conversa com a nova geração de crianças e também com a antiga, mesmo que o filme seja mais para adultos do que propriamente para crianças (nem me recuperei de Divertida Mente ainda). Vale o ingresso normal – o 3D não faz muita diferença (pra variar). Boa sessão e continue a nadar, continue a nadar!

PS¹. a participação da Marília Gabriela é sensacional, hahaha!

PS². se você não estiver com pressa, tem uma cena pós créditos (sim, Pixar virando a Marvel) engraçadinha.

Finding_Dory_Textless_02

Anúncios

3 comentários em “Pixar continua a nadar em bons filmes com ‘Procurando Dory’

  1. Primeira coisa, tente fazer as distribuidoras e produtoras do longa no brasil verem essa crítica, que não é só crítica, é uma boa divulgação do filme, para quem sabe elas darem um apoio.
    Segunda coisa, é sempre bom apontar a qualidade da animação, da dublagem, do uso da terceira dimensão, e no caso desse filme, também o curta que antecede o filme, Piper…
    Mas uma boa crítica. Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s