Caça-Fantasmas – Enfrentando Preconceitos e Espectros

Caça-Fantasmas chegou aos cinemas brasileiros semana passada carregando o título de trailer com maior número de dislikes da história e lutando contra o preconceito dos ~fãs~ para chegar ao público. Seria impossível falar desse filme sem citar a polêmica que o envolve desde que foi anunciado que o reboot seria protagonizado por mulheres.

E antes que vocês achem que é mimimi, pensem em como um trailer com menos de três minutos consegue alcançar quase um milhão de dislikes?  -afinal de contas, ninguém tinha visto o filme ainda, então por que essa demonstração massiva de rejeição? – E ao ler os comentários a situação piora, pois vão desde os que deram dislike sem ver o trailer aos que entram em discussões acaloradas por achararem que estão acabando com o filme, colocando mulheres nos papéis que são originalmente masculinos, e esse é o cerne da rejeição, terem trocado homens por mulheres.

Hollywood tem insistido em adaptações e reboots nos últimos tempos e nenhum gerou tanta rejeição quanto Caça-Fantasmas, então antes de falar que não é machismo dissimulado, me respondam, se não pelas personagens principais, o que causou tanto desconforto nos fãs antes mesmo de assistirem ao filme? – Reflitam sobre essa questão.

Imagem CF

Pois bem, passado essa primeira etapa de questionamento, vamos ao filme. Erin Gilbert (Kristen Wiig) é professora na Universidade de Columbia e está quase conseguindo uma cátedra quando descobre que sua amiga Abby Yates (Melissa McCarthy) lançou na Amazon o livro que elas escreveram em parceria, anos atrás, sobre a existência de fantasmas. Com medo que isso atrapalhe a sua carreira ela resolve procurar a amiga para tirar o livro de circulação.

Ao encontrar Abby, Erin percebe que a amiga continua atrás de fantasmas, agora com a ajuda da engenheira Jillian Holtzman (Kate McKinnon) e terá que fazer um acordo para ter seu pedido levado a sério, apresentar Abby e Jillian para o dono de uma casa, considerada assombrada por ele, para que Abby tire os livros da Amazon. Mas ao chegarem no local elas se deparam com um fantasma real. Ao gravarem a situação e se exaltarem no vídeo, Erin perde de vez o emprego.

Dispostas a descobrir mais sobre o assunto elas alugam um espaço e resolvem se tornar Caça-Fantasmas. Ao checarem uma ocorrência de aparição nos trilhos do metrô, presenciada por Patty Tolan (Leslie Jones), elas acabam ganhando mais uma integrante para o time.

ghostbusters-163062

Dirigido pelo Paul Feig que tem outras comédias no currículo como Missão Madrinha de Casamento, As Bem Armadas, A Espiã que Sabia de Menos – todas com Melissa McCarthy – entre outros, o filme alterna altos e baixos. Na primeira parte, enquanto as Caça-Fantasmas estão se aproximando, temos muitos cortes bruscos, deixando a narrativa truncada e sem nexo. As piadas também variam entre as que você morre de rir e as que você sente vergonha alheia.

O filme é cheio de referências ao original, Os Caça Fantasmas de 1984, e possui muitos cameos (participações dos atores do filme original como outros personagens, como Stan Lee faz nos filmes da Marvel) ao longo da narrativa, que se não atrapalham também não contribuem, e servem apenas para referência. Os traços de personalidade do quarteto original estão presentes nas protagonistas e fantasmas já conhecidos aparecem no longa metragem, tudo isso somado a música tema do filme, o resultado é nostalgia.

patty-ghostbusters

Na segunda parte, quando as personagens estão mais conectadas, o filme ganha ritmo e se torna bem divertido. Algumas características foram reforçadas em excesso, como a burrice do Kevin (Chris Hemsworth) e a excentricidade da Holtzman, mas é apenas um adendo, nada que atrapalhe o filme. É um bom entretenimento e vale a pena tirar suas próprias conclusões.

Geralmente os reboots possibilitam que novas gerações conheçam filmes antigos com roupagem atual e se tornem novos fãs. O final nos faz imaginar que teremos mais filmes das Caça-Fantasmas, restará às bilheterias nos confirmar ou não se ganharemos uma sequência.

O universo ~original~ de Caça Fantasmas conta com dois filmes, Os Caça Fantasmas (1984), Os Caça Fantasmas 2 (1989), além do desenho animado The Real Ghostbusters (1986-1991).

Se você gostou do post não esqueça de curtir, comentar e compartilhar 🙂

Em tempo: Saiu hoje uma matéria no ‘O Globo’ mostrando os ataques racistas que a atriz Leslie Jones sofreu no Twitter nos últimos dias. Você pode ler a matéria aqui. Essa é mais uma demonstração do ódio irracional, para não falar criminoso, que as pessoas têm direcionado ao filme e as atrizes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s