Missão: Impossível – Efeito Fallout

Ethan Hunt está de volta! O sexto filme da franquia de maior sucesso do astro Tom Cruise finalmente está entre nós. Missão: Impossível – Efeito Fallout traz o agente Ethan Hunt (Tom Cruise) e sua equipe da IMF em uma missão que os colocam novamente frente a Solomon Lane (Sean Harris), líder do Sindicato capturado em Missão: Impossível – Nação Secreta (2015) [leia nossa crítica]. Ethan terá de enfrentar os Apóstolos – agentes desconhecidos do Sindicato que executam atentados pelo mundo – com ajuda do agente especial da CIA, August Walker (Henry Cavill). Além disso, precisará lidar com fantasmas do passado que têm o atormentado. Christopher McQuarrie, que dirigiu outros filmes de Tom Cruise como A Múmia, Jack Reacher e o último Missão: Impossível, retorna como diretor e roteirista – um feito inédito na franquia, que já teve na direção nomes como Brian De Palma, Brad Bird e J.J. Abrams (que é um dos produtores do novo longa).

Efeito Fallout é de longe um dos longas mais tensos da franquia desde Missão Impossível III (2006). O filme traz uma carga dramática muito forte, que é mesclada as inúmeras sequências de ação. A cena inicial é um bom exemplo disso, na qual Ethan é posto à prova. Apesar de longo – são 2h28 de muito Tom Cruise e Henry Cavill em tela – Efeito Fallout não é cansativo. Muito pelo contrário, o filme engrena rápido e nos prende logo de cara. O roteiro de Christopher McQuarrie é conciso, muito bem amarrado, que trabalha todos os personagens decentemente e que, principalmente, surpreende quando surgem situações óbvias para o telespectador.

Tom Cruise mostra mais uma vez que é F*$@! Interpretando Ethan Hunt há mais de 20 anos em seis filmes, Cruise prova que é o cara, que se doa 100% em todas as cenas, principalmente as de ação; que consegue transmitir toda a tensão da trama sem forçar a barra. Henry Cavill traz um caricato August Walker e surpreende bastante com sua atuação. No elenco de apoio, Simon Pegg (Benjamín “Benji” Dunn) e em especial, Ving Rhames (Luther Stickell), que atua na franquia desde o filme original estão sensacionais. Rebecca Ferguson (Ilsa Faust) e o vilão de Sean Harris (Solomon Lane), que foram apresentados no longa anterior, têm suas histórias ainda mais desenvolvidas. Embora não supere (não que precise superar) a atuação Philip Seymour Hoffman em MI: III, Sean é um vilão daqueles que odiamos amar.

Um trunfo de Christopher McQuarrie é sem dúvidas as cenas de ação, que estão ainda mais insanas. Mostrada nos trailers, a cena dos helicópteros que ocorre no ato final do filme é sensacional. As cenas de perseguições que ocorrem em Paris também são extremamente empolgantes. Muito bem dirigida, assim como todas as coreografias de luta. Tom Cruise, Henry Cavill e Rebecca Ferguson, por motivos óbvios, são os principais “donos” das sequências de luta – destaque para uma cena incrível em um banheiro. Simon Pegg como sempre é o alívio cômico do filme, que ocorre nos momentos certos.

Missão: Impossível – Efeito Fallout é um dos melhores, se não o melhor, filme da franquia. Além de ser um dos melhores filmes de ação do ano até o momento. Tem uma ótima história, um roteiro que consegue contá-la sem muita enrolação, personagens carismáticos, sequências de ação de tirar o fôlego – literalmente. Um dos principais “problemas” do novo longa fica por conta do ‘gancho’ com Nação Secreta, que pode comprometer a experiência de quem não assistiu ao filme anterior, já que todos os acontecimentos de Efeito Fallout são consequências diretas de MI: 5. No entanto, é algo muito pequeno perto da grandiosidade que é este longa. MI: 6 é um constante EITA atrás de EITA e isso é muito bom.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s