Anitta se diverte no ousado e diversificado ‘Kisses’

Após quatro anos divulgando apenas singles isolados, a carioca Anitta resolveu lançar um novo álbum. O sucessor de Bang (2015), Kisses, é o quarto disco da cantora e o primeiro trabalho audiovisual interpretado em três idiomas: português, espanhol e inglês. Durante diversas prévias divulgadas por Anitta antes do lançamento, ela explicou o conceito do álbum: 10 faixas que representam cada uma das personalidades da cantora. O nome faz referência aos milhares tipos de beijos que existem, que embora diferentes, ainda sim são beijos. Todo o conceito, desde a capa à concepção de alguns dos videoclipes (que você pode conferir na playlist abaixo) foi idealizada por Giovanni Bianco, que também foi responsável pelo conceito da era BangKisses chega logo após o também trilíngue EP Solo, que entregou as ótimas Veneno, Não Perco Meu Tempo e Goals. Mas diferentemente do EP, Anitta não está sozinha em Kisses. Ao todo são oito canções com parcerias.

O disco abre com a ótima Atención, faixa cantada em espanhol que esbanja feminismo. Anitta canta sobre mulheres fodas que fazem o que bem entendem. Essa Anitta é “cheia de atitude, independente e gosta de exaltar outras mulheres, defendendo a liberdade e fazendo o que tem vontade”, descreveu a cantora. No videoclipe, um dos três dirigidos por João Papa – o mesmo de Veneno – mulheres de diferentes idades, corpos e cores se unem e ainda fazem o autoexame contra o câncer de mama. A faixa tem uma batida viciante e ainda coloca as frases “vocês pensaram que eu não ia rebolar minha bunda em espanhol?” e “eu sou de Honório Gurgel”.

Em Banana, a tão prometida parceria com a diva latina Becky G, aparece a Anitta debochada, brincalhona, que ama um sarcasmo e brincadeiras de duplo sentido. A música mescla inglês com espanhol e traz um som mais “sujo”, com batidas que vão do eletropop ao urban, sem perder a latinidade. A faixa é produzida por Supa Dups (responsável por músicas de nomes como Drake e Shakira) e Tainy (que já trabalhou com Cardi B, J Balvin e a própria Anitta). Com um vídeo sensual dirigido por Lula Carvalho, a música soa estranho de início mas tem um forte apelo radiofônico conforme você escuta.

O funk ganha espaço na super parceria com Ludmilla, Snoop Dogg e o produtor do grupo ConeCrewDiretoria, Papatinho, em Onda Diferente. Escrita pela própria Ludmilla, a música mistura o funk do DJ Will 22 (produtor de músicas como Din Din Din Não Encosta da Ludmilla) com o trap de Papatinho e é cantada em português e em inglês. Ela representa a Anitta “camaleão”, que se adapta e muda conforme o habitat, além de possuir uma “disciplina disfarçada de naturalidade” que chama atenção por onde passa. O hit é certo. Na primeira vez que escutei a faixa, achei a canção fraca, principalmente devido a introdução. Mas após algumas audições, já estava cantando. O refrão é chiclete e de duplo sentido, assim como Banana. O videoclipe, com direção criativa de Giovanni Bianco e novamente dirigido por Lula Carvalho, dá o ar da graça com Anitta e Ludmilla sensuais, e “plantando” um pé de maconha (?!) ao lado de Snoop Dogg.

O reggaeton chega com força na Anitta “impulsiva” de Sin Miedo. A parceria com o DJ Luian e a dupla Mambo Kingz mostra que o espanhol da cantora está afiadíssimo. Com muita atitude, Anitta canta sobre se jogar na vida sem medo das consequências de suas ações. É uma canção dançante feita para as pistas, que acaba soando genérica em alguns momentos, mas que entrega um ótimo refrão. No videoclipe de Lula Carvalho, Anitta se joga na noite, beija mulheres e homens, e só quer saber de curtição. Segundo a cantora, boa parte do vídeo foi gravado com um celular. É o clipe mais simples do álbum visual.

A Anitta sexy, romântica e sonhadora surge em Poquito, parceria com o rapper Swae Lee. A música é uma balada pop romântica com elementos do trap, muito utilizado em canções dos últimos discos da Ariana Grande. Segundo a cantora, a música mostra uma Anitta que usa a “ingenuidade como forma de sedução” e cria “fantasias românticas com desfechos futuros cinematográficos”. A cantora chega a arriscar algumas rimas e consegue um dos refrões mais viciantes do disco. Swae Lee é o encaixe perfeito para deixar a música redondinha. Na parte visual, Giovanni Bianco comanda novamente a direção criativa enquanto Pedro Molinos dirige o vídeo, que é simples, romântico e quase todo em preto e branco. É o clipe que menos gosto.

Foto: Facebook Anitta

Uma das minhas faixas favoritas é com certeza Tu y Yo. A música com o cantor e compositor jamaicano Chris Marshall é romântica, envolvente e entrega os melhores vocais da cantora no disco. Dentro do seu alcance vocal, Anitta atinge notas que deixam a música cativante. Ela mostra a Anitta “sofisticada”, que não desce do salto; e misteriosa, que não se entrega totalmente na hora da sedução e te faz imaginar de tudo. Dirigido por Bruno Ilogti (o mesmo de Sua Cara e Bang). O clipe é todo vibes praianas, cheio de energia e meigo, assim como a canção.

Em Get to Know Me, segunda parceria da cantora com o DJ sueco Alesso após This Is For Me, a cantora apresenta a Anitta imatura, que ainda vive complexos e dilemas adolescentes. Com a vertente mais pop do disco, a faixa traz um refrão marcante que pega logo de cara: I know you wanna get to know me, but I ain’t sure if you can handle it. Can you read it on my body? I know you wanna taste it on my lips. O videoclipe dirigido por João Papa é um dos melhores do material. Anitta “contracena” com manequins, que representam a superficialidade de relacionamentos imaturos e se liberta quando consegue ter uma relação real e madura.

Rosa é a faixa que apresenta a Anitta mais sensual do álbum. Em parceria com o cantor norte-americano de origem dominicana, Prince Royce, Rosa é um dueto que funciona tanto na canção quanto no videoclipe. A química entre os dois é notável em cada verso da faixa, que é produzida pelos caras da Head Media, empresa responsável pelo último álbum do Rouge, o disco de estreia do Jão e outros. Toda essa química é intensificada no clipe, que é o melhor entre os dez lançados. Também dirigido por Bruno Ilogti, Anitta e Prince fogem de helicópteros – criados em 3D e que representam a polícia, citada na letra da música – em um labirinto, que dá em um campo de rosas. A cantora ainda aparece nua em uma das cenas e beija o cantor. O vídeo é lindo e encantador a cada take. Não ouso dizer que Rosa é a nova Downtown, mas é a faixa do álbum que mais se aproxima do maior hit internacional da cantora.

Com Juego, Anitta volta mais uma vez com a vertente reggaeton e entrega uma das faixas com mais cara de hit do álbum, que lembra muito trabalhos de outras divas latinas como Natti Natasha e Karol G. A cantora apresenta a Anitta dos negócios, que é confiante, que desce do salto quando precisa, que trabalha duro, que não abaixa a cabeça e sabe onde quer chegar. Essa Anitta “boss” é bem representada no videoclipe dirigido por João Papa. A diva faz uma espécie de gângster sensual. A canção tem todos os requisitos para um ser um grande hit latino: batida contagiante, letra chiclete e um bom videoclipe. A faixa é produzida pelo DVLP (que fez Rap God do Eminem e Get to Know Me com o Alesso) e pelo hitmaker do reggaeton Sky (o “Sky Rompiendo” que o J Balvin tanto cita em suas músicas), que produziu recentemente Con Altura da Rosalía e a própria Downtown da Anitta.

Kisses termina com a romântica e “MPB raiz” Você Mentiu, parceria com o cantor Caetano Veloso. De acordo com a cantora, essa Anitta é “sentimental, adulta, madura, mas um pouco decepcionada com as atitudes desumanas das pessoas”. Ela diz ainda que essa Anitta tem esperança no mundo melhor, que a beleza das pessoas está no caráter e se define como “generosa, serena e simples por dentro e por fora”. O dueto é sem defeitos. A letra, composta por Anitta, Jefferson Junior e seu produtor de longa data Umberto Tavares, é cheia de sentimento e sutileza. É quase uma fica Fica Tudo Bem parte 2. Anitta mostra novamente seu talento e como se sai bem quando se arrisca a cantar MPB. Apesar de linda, a canção é a mais “deslocada” dentro da tracklist. E o clipe é a gravação dos dois em estúdio.

Kisses é um álbum diverso de uma artista múltipla. Anitta entrega um pouco de tudo que absorveu nesses últimos anos: pop, funk, reggaeton, MPB e trap/urban. Com isso, Kisses torna-se um grande emaranhado de ritmos que buscam atingir todos os públicos da cantora e nesse sentido, o álbum é coerente. Porém, se olharmos os demais trabalhos da cantora, não teremos a mesma impressão, já que Anitta (2013), Ritmo Perfeito (2014) e Bang (2015) possuem uma direção musical mais concisa do início ao fim. Kisses ganha maior coesão somente quando nos voltamos para todo o conceito e desmembramos o significado de cada faixa junto aos videoclipes, que são carregados de mensagens e muita atitude. Por isso, essa mistureba toda funciona muito bem. Anitta acerta muito quando se joga no reggaeton, nas ótimas Juego e Atención, além de Rosa. Mas o ponto alto fica a cargo das baladas que exploram melhor os vocais da cantora, principalmente em Tu y Yo Poquito, essa última que desponta como uma das favoritas dos fãs.

Em 2016, o Cultura fez uma análise do single Sim ou Não em parceria com o Maluma, que foi o primeiro flerte da cantora com o mercado internacional. Na oportunidade, citei que a música era um grande acerto de Anitta para conquistar a tão almejada carreira fora do país, ganhando em primeiro lugar o mercado latino assim como Shakira fez anos atrás. Alguns singles depois – Paradinha, Downtown, Medicina, Veneno – temos uma Anitta já conhecida na América Latina e que lança agora o seu primeiro álbum voltado para diversos países do continente e do mundo. Kisses é um disco divertido, alegre e ousado por explorar três idiomas e ainda entregar ótimas produções visuais. O álbum melhora a cada vez que você o escuta, assim como o beijo, que melhora a cada vez que você o pratica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s