‘Para Todos os Garotos: PS. Ainda Amo Você’ é clichê, porém envolvente

Após se apaixonar por Peter Kavinsky (Noah Centineo) em Para Todos os Garotos que Já Amei (2018), Lara Jean (Lana Condor) está namorando o atleta em Para Todos os Garotos: PS. Ainda Amo Você. Ainda se acostumando com a ideia de um relacionamento, o seu primeiro na vida, Lara Jean precisará lidar com uma paixão do passado, que também recebeu uma de suas cartas. Com a volta de John Ambrose (Jordan Fisher), a jovem precisa entender o que se passa internamente e tomar uma decisão sobre sua vida amorosa.

Com roteiro da autora Jenny Han e direção Michael Fimognari, o longa traz todos os elementos que fizeram do primeiro filme um sucesso: muita comédia mesclada a um romance genuíno. A química entre Peter e Lara Jean é sem igual e na sequência está ainda melhor. Como namorados, os dois são fofos, divertidos, românticos e, na medida do possível, tentam resolver os conflitos – naturais em todo relacionamento – com diálogo. Quando esse diálogo some ou é omitido, a relação se desgasta. O filme mostra isso de uma forma sutil, apesar de óbvia.

Imagem: Showbiz Cheat Sheet

A confusão na cabeça da protagonista é bem justificada. John Ambrose é o cara dos sonhos de qualquer garota, e para Lara Jean, ele é o garoto por quem se apaixonou quando criança – o primeiro amor. O clichê de triângulo amoroso dá as caras, mas é bem desenvolvido e envolvente. Além disso, ao lado de Peter, a jovem sente vive à sombra da ex dele, Gen (Emilija Baranac). Com isso, o longa traz novamente todos os “diálogos” e paranoias que se passam na cabeça de Lara Jean. De longe são as melhores cenas de humor do filme.

Paralelo ao triângulo amoroso, a sequência ainda o pai de Lara Jean, Dr. Dan Covey (John Corbett), com um interesse amoroso: a vizinha Trina (Sarayu Blue). Kitty (Anna Cathcart) continua uma personagem engraçada, embora tenha uma participação menor. A principal saída de humor, fora a própria Lara Jean, acontece com Stormy (Holland Taylor), uma idosa divertida e cheia de si que mora no asilo onde a jovem trabalha como voluntária.

Imagem: The New York Times

Toda a fórmula utilizada no primeiro filme é praticamente replicada em Para Todos os Garotos: PS. Ainda Amo Você. A principal diferença é que este longa está bem mais dramático e piegas do que nunca. O roteiro mamão com açúcar entrega tudo o que se propõe a contar. Todos personagens são extremamente carismáticos, então fica muito difícil não se envolver ou torcer por eles, e é aí que o longa realmente te conquista. Para Todos os Garotos: PS. Ainda Amo Você é um filme bem ‘sessão da tarde’, gostoso, apaixonante e fácil de assistir. Ele entretém de diversas formas ao falar de amor, amizade e companheirismo. É de longe uma das melhores comédias românticas lançadas pela Netflix recentemente – o que não é muito difícil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s